Idoso é preso na PB após neta denunciar estupros através de desenhos na escola

 

Desenhos feitos em atividades escolares foram a chave para uma denúncia de abuso sexual contra uma criança na cidade de Queimadas, na região de Campina Grande, Agreste da Paraíba. Ao observarem os desenhos da menina de 6 anos e questionarem, coordenadores da escola descobriram que a menina era vítima de estupro e ameaça. O principal suspeito é o companheiro da avó da criança, que foi preso nesta quinta-feira (2).

De acordo com informações da Polícia Civil, o crime ocorreu em 2017 e estava sob investigação. A menina, que hoje tem 10 anos de idade, acabou contanto, na época, o que acontecia na casa da avó, onde ficava enquanto os pais trabalhavam. A direção do colégio entrou em contato com a família, que acionou as autoridades.

O suspeito tem 71 anos e teve a prisão decretada, mas estava foragido. Os abusos, segundo a denúncia, ocorriam quando a avó saía de casa ou estava distraída com alguma atividade. A polícia revelou ainda que a menina disse ter comunicado o crime à avó, mas ela não teria dado credibilidade a denúncia.

 

 

T5