PMJP entrega cestas nutricionais e kits de higiene para famílias da Saturnino de Brito, Vila Nassau e Porto do Capim

Dando sequência a entrega de cestas básicas nutricionais e kits de higiene para a população mais atingida pela pandemia de Coronavírus na Capital, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), entrega mais 849 cestas e kits nesta segunda-feira (22). A ação beneficia as 400 famílias residentes do Residencial Saturnino de Brito, outras 408 da Comunidade Porto do Capim e 41 na Comunidade Filipéia, que fica em Tambiá.

Esta ação integra o Programa João Pessoa Sustentável, que até o final deste mês vai entregar 20,8 mil cestas nutricionais e kits de higiene para a população de 37 territórios da Capital, beneficiando mais de 41 mil pessoas. “Estamos contando com a participação de 13 secretarias da Prefeitura de João Pessoa para ajudar a realizar esse trabalho junto as famílias, entregando cestas e kits de porta em porta”, disse Edízio Peixoto, da chefia de Gabinete da Sedurb.

Com mais essa entrega a ação já ultrapassa a marca de 4.300 famílias beneficiadas, o que representa aproximadamente 17 mil pessoas. Além das comunidades desta segunda-feira (22), já foram contempladas a Beira Molhada (Bairro dos Novais), Três Lagoas (Jardim Veneza), Crei Mayara Lima (Jardim Veneza), Nelson Mandela (Bairro das Indústrias), Rua Honduras (Bairro das Indústrias), Maria de Nazaré (Grotão), Vitória (Altiplano), Rio do Cabelo, (Penha), além dos Residenciais Colinas de Gramame, Vista Alegre e Vitória (João Paulo II).

As localidades que estão sendo beneficiadas com esta ação foram definidas através de critérios do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). E em cada uma dessas ações a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) está disponibilizando cerca de 280 profissionais, em um esforço concentrado envolvendo diversas secretarias (Sedes, Sedurb, Semob, Semhab, Seinfra, Sedec, Saúde, Secom, Sead, Guarda Municipal, Defesa Civil, Orçamento Participativo e IPM). A frente ainda conta com apoio do Exército Brasileiro, Marinha e Polícia Militar.