Por decisão de ministro, permanece a intervenção no diretório do PT em João Pessoa

 

O ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), indeferiu nesta quinta-feira (29) a liminar no Mandado de Segurança impetrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelos dirigentes destituídos do diretório municipal do PT em João Pessoa na tentativa de suspender a intervenção da direção nacional.

No mandado, integrantes do PT de João Pessoa alegam que intervenção prejudica o processo eleitoral, dificultando atos partidários e de campanha.

Em seu despacho, o ministro Edson Fachin diz que “Ademais, é sabido que o ordenamento eleitoral, em princípio, estende aos órgãos de cúpula prerrogativas aptas à preservação de sua unidade, evitando que os partidos políticos grassem de forma degenerada, como um mero agregado de pequenos grupos ou facções”.