VEJA VÍDEO: Prefeita Márcia Lucena rebate críticas por festa “Justiça não me impôs ficar em casa sofrendo”

A prefeita da cidade de Conde, Márcia Lucena (PSB), desabafou através das suas redes sociais sobre as críticas que sofreu por ter participado de uma festa ocorrida em sua residência em comemoração ao Dia das Mulheres.

De acordo com Márcia a festa foi realizada pelos seus amigos como uma espécie de presente já que com a tornozeleira eletrônica que ela está usando, precisa cumprir determinações judiciais.

Ela ainda ressaltou que o fato de participar do momento em sua própria casa não afronta a Justiça.

“Eu estava na minha casa recebendo os meus amigos que quiseram me dar esse presente. A Justiça me impôs o uso de tornozeleira e cumprimento de cautelares e eu tenho feito isso com muito respeito e eu respeito à decisão da Justiça”, diz ela no vídeo.

Márcia ainda declarou que a Justiça lhe impôs determinadas cautelares, mas que nelas não inclui o sofrimento e depressão e disse confiar na justiça e ter fé que o que está passando é passageiro.

“A Justiça não me impôs ficar em casa sofrendo, deprimida, me enchendo de medicação. A Justiça não me impôs esse sofrimento. O sofrimento que tenho vivido já é suficiente porque quem usa essa tornozeleira, quem esta em casa nos finais de semana e noite a partir das 20h cumprindo todas as determinações. Não sou eu sozinha. Toda a minha família e todos os meus amigos sentem isso”, argumentou.